Navigation Menu+

Movimente-se, artista!

decoracao-art-pop

Acorde, acorde, acorde! O post de hoje não vai ser uma aula de história.  Mas voltaremos ao passado para resgatar algumas tendências para o seu ambiente.  A ideia é utilizar os movimentos artísticos como inspiração, pois mesmo que você não seja um entendido das artes provavelmente é um admirador! Vamos Lá?!

 

Cubismo

Com o seu melhor momento por volta de 1907 e 1914, O cubismo é conhecido por retratar as coisas da forma mais pura e realista.  Nesse caso você deve apostar em móveis mais retos ou acrescentar objetos que agregam personalidade através de formas geométricas.

Cubismo cubismo 2

Surrealismo

Por volta dos anos 20, surgiu em Paris esse movimento que caracterizava-se pelo questionamento das crenças culturais da época. Nessa decoração você deve viajar pelo subconsciente e trazer um toque mágico para o seu espaço. Objetos inusitados e papéis de parede tridimensionais serão a peça chave para uma composição interessante.

difratelli Fatto - Surrealismo

surrealismo

Pop Art

Esse movimento ocorreu na década de 1950, na Inglaterra e nos Estados Unidos e teve como grande influência a crítica ao cotidiano consumista da época.  Basicamente  apropriavam-se de  imagens do universo publicitário e agregavam repetições e cores vibrantes. Levar essa tendência pra casa é apostar em jogos de cores “Neons” em estofados, quadros e até mesmo tapetes. Uma dica simples é reproduzir uma foto no mínimo 4 vezes em cores diferentes e agrupá-las em um determinado espaço.

art pop

pop art 2

 

Viu como a história pode ser interessante? Pense que a maneira como  agimos e pensamos é o reflexo de uma sucessão de acontecimentos e que NADA é ultrapassado por completo. Acreditando nisso você se torna um artista e o seu ambiente uma tela em branco  pronta para ser pintada!




Comentários

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>